LOGIN:
SENHA:

Quem Somos Produtos e Serviços Dúvidas Fale Conosco
Calendários
Relógios
Foto-Cubos
Camisas
Mouse Pads
Quebra-Cabeças
 
 
 

Câmeras Digitais:

As câmeras digitais revolucionaram o processo de fotografar. No mundo digital não há filmes. A câmera transforma luz em impulsos elétricos que são captados por um sensor, formando um arquivo digital. Estas imagens podem ser compartilhadas pela internet, armazenadas em CDs ou mídias especiais e serem impressas em papel fotográfico tradicional com excelente qualidade e com custo similar a fotos com filme.

Uma coisa não mudou: todas as câmeras digitais possuem uma lente, um diafragma para controlar a quantidade de luz e um obturador para determinar o tempo de exposição do sensor à luz. O dispositivo que registra a imagem na câmera é o CCD (o filme digital), um sensor que contém milhões de células sensíveis à luz que capta os pixels formadores de imagem. Estes formarão a imagem instantaneamente, podendo ser visualizada na própria câmera ou transferida eletronicamente para um computador ou minilab digital.

A foto digital pode ser manipulada, editada, corrigida e totalmente modificada num software de edição de imagens. A impressão pode ser feita em casa através de uma impressora, com custo elevado (aproximadamente R$ 3,00 por uma 10 x 15 cm) e com durabilidade limitada. Mas hoje, já existem laboratórios com serviço de impressão digital a um custo de R$ 0,99 por foto 10 x 15 cm. A pessoa pode gravar as imagens em CD e levar até o local de revelação ou mandar pela internet , que é um serviço fácil e prático, podendo até receber em casa as fotografias.


Dicas para comprar minha câmera digital!


Lentes:

Muito importante tanto na digital como também na convencional. A lente da sua câmara digital poderá ser o fator individual mais importante na qualidade das suas fotografias. Por isso, compre uma câmara com a melhor lente de zoom óptico que puder adquirir. Não confie muito no zoom digital: quanto mais aumenta o zoom, mais detalhes indesejados irá captar.

Algumas câmaras também permitem montar lentes especiais, como grandes angulares e teleobjectivas.


Compressão:

Para entender a fotografia digital, tem de se perceber um pouco de computadores. Como tudo o resto num computador, as imagens digitais são armazenadas como ficheiros, e quanto maior é a resolução maior é o ficheiro. A maioria das imagens digitais são comprimidas na câmara usando a codificação JPEG (quando vê um destes ficheiros de imagens no seu computador, ele terá uma extensão .jpg). Para prevenir que o seu cartão de memória fiquei cheio rapidamente, tem de ter atenção ao tamanho do ficheiro de imagem, que depende da resolução e da compressão com que as fotografias digitais são tiradas.

A compressão é tipicamente expressa como um rácio: 1:4 (baixa), 1:8 (normal), 1:16 (básica). Quanto menor for a compressão, melhor é a qualidade de uma imagem.

Comprimir uma imagem pode torná-la 4 a 20 vezes mais pequena, pelo que ocupa menos espaço no seu cartão media. Mas a compressão funciona tirando detalhes da sua imagem digital e deitando-os fora, substituindo-os por padrões que o processo de compressão cria automaticamente. Mais compressão significa mais coisas indesejadas nas suas fotografias. Deste modo, quando está a seleccionar a compressão, está a trocar qualidade por espaço.

Algumas câmaras novas podem tirar fotografias num modo TIFF, sem compressão. Isto irá ocupar muito espaço da memória da sua câmara, mas preserva a imagem mais límpida para usar em impressões ou em aplicações onde a imagem pode ser editada.


Luz:

A maioria das câmaras digitais tem lentes de abertura rápida, o que as ajuda a tirar boas fotografias com relativamente pouca luz. Mas nenhuma câmara tira boas fotografias com muito pouca luz, sem um flash. A maioria as câmaras digitais tem flash incorporado e algumas permitem usar flash externo, que é muitas vezes mais eficaz que um flash incorporado e ajuda a poupar a bateria da câmara.

Muitas câmara de baixa e média qualidade oferecem apenas uma sensibilidade de luz predefinida, habitualmente entre ISO 50 e ISO 200. Mas, geralmente, pode-se aumentar o ISO ajustando os controlos de compensação da exposição. No entanto, tal como as câmaras de filme (rolo), um ISO elevado dá origem a uma fotografia com grão e uma abertura mais baixa permite fotografias mais definidas (especialmente com pouca luz).

Uma vantagem para as câmaras digitais é que as suas lentes permitem uma enorme profundidade de campo. Assim, mesmo com uma abertura muito elevada, tanto coisas que estejam perto como longe permanecem focadas.

Muitas câmaras digitais também têm focagem Macro, que permite fotografar, com nitidez, objectos que se encontrem a apenas alguns centímetros da lente.


Baterias:

As câmaras digitais necessitam de baterias para funcionar. A maioria das câmaras permitem o carregamento da bateria através de um adaptador AC, mantendo a bateria na câmara. Uma vez que isto pode levar até oito horas, poderá ser melhor ter um carregador separado. Estes permitem carregar uma bateria em menos de uma hora e libertam a câmara, podendo-se continuar a usá-la com outra bateria.

As melhores bateria são as NiMHs ('nickel metal hydrides'), porque são as que duram mais tempo e não têm de ser completamente descarregadas antes de um novo carregamento.


Cartões de memória:

A maioria das câmaras digitais usam cartões de armazenamento removíveis. Smartmedia, CompactFlash, Media Card e Memory Stick são todos boas escolhas. A IBM também fabrica um pequeno disco rígido chamado Microdrive (que pode armazenar 340MB de dados e é compatível com algumas câmaras de alta gama).

A maioria das câmaras vem com um cartão standard de 8MB, que pode armazenar 16 imagens com 1800x1200 'pixels' de resolução (média resolução). Um cartão de 32MB armazena 62 imagens de 1800x1200 'pixels' de resolução (média resolução).

Não se limite ao cartão que vem com a câmara: ter um cartão adicional de 16 ou 32MB é bastante útil e é suficiente para a maioria das situações.


As perguntas mais frequentes sobre fotos digitais são:

A foto digital tem a mesma qualidade da foto com filme?

Devo trocar o cartão de memória quando já utilizado?

Posso gravar minhas imagens em disquete?

Que resolução devo utilizar para as imagens saírem boas?

A foto digital tem a mesma qualidade da foto com filme?

R: Sim, e em alguns casos até superior. O importante é a escolha da resolução certa para cada uso. Por exemplo: uma foto digital tirada em tamanho pequeno (600 x 800 pixels) não poderá sem ampliada grande (20 x 30 cm) com a mesma qualidade. Se você quiser fazer uma ampliação grande, a foto deve ser tirada em qualidade melhor (na melhor disponível na câmera). Com o filme tradicional, isto pode ser escolhido depois de tirada a foto.

_ Devo trocar o cartão de memória quando já utilizado?

R: Não. As imagens podem ser transferidas para um HD ou CD para armazenamento, e as imagens no cartão de memória devem ser apagadas para nova utilização.

_ Posso gravar minhas imagens em disquete?

R: Sim, mas não é recomendável; pois o disquete é uma mídia com pouco espaço para gravação da imagem. A necessidade de grande compactação da imagem prejudica sua qualidade, o mais indicado é gravar em CD.

_ Que resolução devo utilizar para as imagens saírem boas?

R: O aconselhável é que seja acima de 800 x 1200 pixels para fazer uma 10 x 15 cm. Quanto mais pixels maior poderá ser a impressão e melhor a qualidade da imagem.

tabela de tamanhos:

Resolução para grandes formatos:

A resolução com média de 2.000 pixels amplia até 30 x 40 e 3.000 pixels amplia até 40 x 60 sem perda de qualidade (No minímo 50 dpi).

Para maiores formatos ( com câmeras que não têm resolução maior que 3.000 pixels ) o ideal é imprimir uma 15 x 21, scanear em alta resolução e enfim imprimir em formatos maiores; Ex: 1,00 x 1,50.

Já as câmeras super potentes não necessitam desse precesso de scaneamento, tem capacidade para ampliações em grandes formatos.

 

 
 
 
Rua General Urquiza, 67 - Loja B - Leblon / Em frente a praça Antero de Quental - Rio de Janeiro - Brasil
Fone: 21 2239-6323 / E-mail: multipoint@multipointfoto.com.br
© Copyright 2009, MuiltPointFoto e Tecnologia LTDA